segunda-feira, 9 de julho de 2018

Artigo de julho de 2018 - Padre Aparecido Neres Santana

JESUS NOS ENSINA A REPOUSAR JUNTO DELE, NO DESERTO, ANTES DE SAIRMOS EM MISSÃO.




Neste Artigo Bíblico-Catequético-Missionário, refletiremos o Evangelho de Marcos 6,30-34, relatado, no contexto da missão confiada aos doze. Marcos 6.30 relata que os apóstolos voltaram à presença de Jesus, depois da sua primeira atividade missionária. O termo apóstolos, derivado do verbo apostellein, enviar (6.7), denota o envio e a atividade dos doze (6.12).  A missão dos doze é descrita com os mesmos termos com os quais é apresentada a missão de Jesus. Os apóstolos contam a Jesus, com alegria, tudo o que tinham feito e ensinado. Aqui são muito importantes os verbos fazer e ensinar, colocados aqui no infinitivo. O fazer está ligado ao ensino e à cura de todos os males. O ensino está ligado ao fazer. A missão dos discípulos é Ensinar, isto é, formar, orientar, guiar o povo de Deus ao Reino dos Céus, a verdadeira vida. Marcos destaca ainda, o movimento do grupo de Jesus e seus discípulos e o da multidão.
Neste contexto missionário, Jesus convida os discípulos para descansar, fazer como que um shabat, cessar, repousar: “Vinde vós sozinhos, a um lugar deserto e descansai um pouco ...e não tinham tempo nem para comer” (Mc 6,31). A atitude de Jesus é pastoral e pedagógica. Aqui é bom enfatizar a importância do descanso do discípulo-missionário, não apenas corporal, mas repousar no espírito. As tarefas e as exigências são tantas, que muitas vezes não repousamos. Isso pode atrapalhar a missão. Descansar para rezar e partilhar a missão, o repouso do espírito, onde somos alimentados pelo próprio Senhor. Os dois movimentos são importantes e de igual valor, “o envio e a volta”, o fluxo e o refluxo. A comunidade de discípulos deve estar unida e valorizar os dois momentos.

Finalmente, diante da multidão faminta da palavra e de pão, e a da urgência do Reino, Jesus sente compaixão da multidão: “porque eram como ovelhas sem pastor”. Por isso, a urgência, hoje, da comunidade de discípulos-missionários, terem esse mesmo olhar misericordioso de Jesus, para as necessidades do povo. Ademais, dentro do Ano do laicato, sermos “Sujeitos Eclesiais: Discípulos Missionários e Cidadãos do Mundo. O Reino acontece no mundo, não somente dentro da Igreja. Precisamos compreender melhor a “simbiose”, o movimento entre  Igreja e Mundo, como campo de missão, com todas as suas múltiplas variantes.     
 

   

Para refletirmos:
Como estamos nos preparando para nossos encontros catequéticos de iniciação à vida cristã?  Estamos tendo um tempo para nós mesmos, para refletirmos como está nossa caminhada, como discípulos missionários? O grupo dos catequistas, está reunindo-se para preparar os encontros?

Pe. Aparecido Neres Santana - Assessor Eclesiástico da Comissão AB-C

domingo, 8 de julho de 2018

Formação de Catequistas e Discípulos Missionários 2018, Região Litoral Centro, Cidade de Mongaguá – Diocese de Santos.


A Comissão para a Animação Bíblico Catequética da Diocese de Santos está convocando todos os Evangelizadores e Catequistas de Criança, Jovens e Adultos (Batismo, Crisma e Eucaristia), Pastoral da Liturgia, e Comissão de Iniciação à Vida Cristã Paroquial para participarem de uma Formação que será na cidade de Mongaguá, dia 12 de julho às 19h30.


Tema: Primeiros Passos na Caminhada da Iniciação à Vida Cristã

Objetivo 1: esclarecer as Comissões Paroquiais de Iniciação à Vida Cristã, assim como todos os Discípulos Missionários  sobre sua identidade e missão.

Objetivo 2: orientar os Introdutores quanto ao seu papel na Vida Cristã.


Palestrante: Padre Aparecido Neres Santana




LOCAL: Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Endereço: Av. São Paulo, 1679
Bairro: Centro
Cidade: Mongaguá
Telefone: 13)3448-3358

Dia: Quinta, 12 de julho de 2018.
Hora: 19h30.

Trazer a Bíblia e o Itinerário Catequético.

Teremos os documentos 107 e 105 para vender.

Participem!
Comissão AB-C da Diocese de Santos

sábado, 7 de julho de 2018

Formação de Catequistas e Discípulos Missionários 2018, Região São Vicente – Cidade de São Vicente - Diocese de Santos.

A Comissão para a Animação Bíblico Catequética da Diocese de Santos realizou neste sábado dia 07 de julho, mais uma Formação de Catequistas e Discípulos Missionários, na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. Contou com a presença de quase 100 Catequistas e Evangelizadores, Discípulos Missionários.







Palestrante Padre Aparecido Neres Santana.




Momento da História da Vida, Momento da Palavra e Momento Mariano.













A comissão agradece a presença e acolhida do Padre Isac Carneiro da Silva e Comunidade da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora.

Esta formação será realizada em todas as cidades de nossa Diocese.

Próximas Formações: 

Cidade de Mongaguá, 12 de julho às 19h30, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida.
Cidade do Guarujá, 28 de julho às 8h30, na Comunidade São Paulo Apóstolo, Vicente de Carvalho


Diocese de Santos. 
Comissão AB-C.


quinta-feira, 5 de julho de 2018

ESCOLA CATEQUÉTICA REGIONAL SUL 1 - CNBB





 Quarto dia, 05 de julho ultimo dia, da Escola Catequética Regional Sul I.
Coordenador Regional Sul I Padre Marcelo Machado 





Oficinas - Padre Paulo Gil 

Nos encontramos ...

Aprendemos ...
Nos motivamos ...
Nos comprometemos ...
Esperamos... Levamos sonhos ...
Para gerar novidades...colher frutos ...
Exercício de Aprendizado:
Resposta do grupo :
Modo: carta aos catequistas
Estrutura:
·         Onde estamos ( de onde escrevemos)
·         O que vimos ( aprendemos)
·         O que sentimos ( motivações)
·         O que faremos ( propósitos )
·         O que esperamos ( dos destinatários )
·         Para ? ( meta )

Partilha dos Grupos que escreveram as Cartas.
 




















Santa Missa e Encerramento da Escola



 Comissão AB-C Diocese de Santos/SP


quarta-feira, 4 de julho de 2018

ESCOLA CATEQUÉTICA REGIONAL SUL 1 - CNBB


Terceiro dia, 04 de julho, quarta feira, da Escola Catequética Regional, no

Convento das Irmãs Agostinianas, na cidade de Jundiaí.

Oração da manhã.


Dimensão Intelectual: Padre Humberto Robson de Carvalho (SP1)

Tema: A história da catequese a Luz do Concílio Vaticano II.
1 Módulo.
DIMENSÃO INTELECTUAL: Pe. Humberto (não apresentou material... somente indicações de alguns livros...)


Sobre um aprofundamento da História da Catequese pós Concílio Vaticano II... indicou esta recente e excelente obra do Pe. Lima



2° Módulo:

Dimensão Pastoral E Missionária: Padre Luís Gonzaga Bolinelli, DC (RP II).
Tema: Iniciação a Vida Cristã e Animação Diocesana.

EG 27: Sonho com uma opção missionária capaz de transformar tudo, para que os costumes, os estilos, os horários, a linguagem e toda a estrutura eclesial se tornem um canal proporcionado mais à evangelização do mundo atual que à autopreservação.

EG 33: A pastoral em     chave missionária exige o abandono deste cômodo critério pastoral: «foi feito sempre assim». Convido todos a serem ousados e criativos nesta tarefa de repensar os objetivos, as estruturas, o estilo e os métodos evangelizadores das respectivas comunidades...

EG 33: ... Uma identificação dos fins, sem uma condigna busca comunitária dos meios para alcançá-los, está condenada a traduzir-se em mera fantasia... Importante é não caminhar sozinho, mas ter sempre em conta os irmãos e, de modo especial, a guia dos Bispos, num discernimento pastoral sábio e realista.
...A conversão pastoral requer que as comunidades eclesiais sejam comunidades de discípulos missionários ao redor de Jesus Cristo, Mestre e Pastor... Daí nasce a atitude de abertura, diálogo e disponibilidade para promover a corresponsabilidade e participação efetiva de todos os fiéis na vida das comunidades cristãs... ... Hoje, mais do que nunca, o testemunho de comunhão eclesial e de santidade são uma urgência pastoral.
A programação pastoral há de se inspirar no mandamento novo do amor (cf. Jo 13,35).

Padre Luís, preparou uma dinâmica, de montar uma Diocese constituída de com 5 Paróquias e sua parte Pastoral. Com Assembléia Paroquial e Diocesana.






 














Santa Missa Presidida por Dom Tomé Ferreira da Silva



Comissão AB-C - Diocese de Santos/SP 

terça-feira, 3 de julho de 2018

ESCOLA CATEQUÉTICA REGIONAL SUL 1 - CNBB


Segundo dia, terça-feira 03 de julho, da Escola Catequética Regional Sul I, no Convento das Irmãs Agostinianas, na cidade de Jundiaí.





Iniciando com a Oração da Manhã.



1° Modulo: Dimensão Humana e Comunitária. Palestrante Padre Cleiton Viana da Silva(SPII)

Tema: Cultura Contemporânea e a vocação do catequista: temas de antropologia teológica.

FORMAÇÃO HUMANA E COMUNITÁRIA

Tende a acompanhar processos de formação que levem a pessoa a ASSUMIR A PRÓPRIA HISTÓRIA e a CUIDAR dela, com o objetivo de se tornar capaz de VIVER COMO CRISTÃO EM UM MUNDO PLURAL, com equilíbrio, fortaleza, serenidade e liberdade interior. Trata-se de desenvolver personalidades que amadureçam em contato com a realidade e abertas ao Mistério. DA.n.280
 
1. CULTURA CONTEMPORÂNEA
2. VOCAÇÃO DO CATEQUISTA
3. TEMAS DE ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA

Padre Cleiton também trabalha o tema:
A VOCAÇÃO DOS DISCÍPULOS MISSIONÁRIOS À SANTIDADE


  • Chamados ao seguimento de Jesus Cristo (Nº 129-135)
  • Parecidos com o Mestre (Nº 136-142)
  • Enviados a anunciar o Evangelho do Reino da Vida (Nº 143-148)
  • Animados pelo Espírito Santo (Nº 149-153)


2° Modulo: Dimensão Espiritual Palestrante Matthias Grenzer(SP1)
Tema: A missão do catequista nas pegadas de Jesus.







Santa Missa Presidida por Dom Tomé Ferreira da Silva  



3° Módulo: Catequese Inclusiva
Palestrante: (Pe. Alexander Silva - Limeira e Vanilda Silveira - Votuporanga)
Dom Tomé Ferreira da Silva. (Assessor da Dimensão Bíblico-Catequética da CNBB) 


1. Catequese e Inclusão
2.O que é Catequese Inclusiva ou Catequese Junto à Pessoa com Deficiência?
3.Deficiências
4.Igreja lugar de Inclusão

Catequese
“Processo permanente de educação na fé que se realiza em primeiro lugar na família, com o apoio da comunidade cristã que assume sua missão fundamental de lançar os alicerces sobre os quais a fé se sustentará”.
Portanto, a catequese é o meio no qual cada um se torna sujeito da própria transformação. Quais são as Deficiências?
•Deficiência Intelectual (DI);
•Deficiência Auditiva (DA);
•Deficiência Visual (DV);
•Deficiência Física (DF);
•Deficiência Múltipla (DM);
•Autismo.


Comissão AB-C - Diocese de Santos /SP