quarta-feira, 25 de junho de 2014

Reunião Ampliada da Comissão AB-C da Diocese de Santos - 25 de junho 2014.

Espiritualidade realizada:

Jesus  Cristo, o Centro da Catequese
 
1- Acolhida
Dirigente: Sejam todos bem vindos, sintam-se fraternalmente abraçados pelo amor de Cristo. È sempre uma alegria estarmos todos juntos. Iniciemos nosso encontro em nome da Santíssima Trindade. 
Todos: Em nome Pai do Filho e do Espírito Santo.
Dirigente: Que a Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam conosco.
Todos: Bendito seja Deus nos reuniu no amor de Cristo.
 
Dirigente: O amor de Jesus Cristo nos reúne, gera comunhão e fortalece a comunidade. Jesus Cristo é a base, o centro e o ápice da evangelização, da catequese, da espiritualidade e da mensagem cristã.
Todos: Estamos aqui reunidos para celebrar os mistérios de Jesus Cristo no exercício do mistério catequético.
Leitor 1: Jesus sempre deve estar no centro da proclamação da mensagem catequética. Jesus Cristo é a “massa do bolo” na transmissão da fé cristã.
Leitor 2: Mas, primeiramente, é importante sabermos que a catequese não se reduz aos encontros de catequese. Não  é um ato pontual, limitado, que começa e termina em si mesmo. 
Todos: Catequese é um processo, um itinerário, um caminho rumo á maturidade da fé; é uma educação permanente da fé.
Leitor 3: Portanto, a transmissão da fé Cristã é o anúncio de Jesus Cristo, para levar à fé nele. Desde o começo, os primeiros discípulos ardiam do desejo de anunciar Cristo: “pois não podemos, nós, deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos (At 4,20). 
Palavra de Deus - Leitor: Lucas 24,13-35
Reflexão:
1- Caminhamos com o Mestre? Deixamos Jesus tornar-se próximo de nós e a escutar nossas lamentações e dores?
2- A palavra de Deus ecoa diariamente em nossos corações?
3- Tenho uma vida de oração com a Sagrada Escritura?
4- “Ao partir o pão, eles o reconheceram e retornaram ao caminho”. Valorizamos a Eucaristia? Participamos verdadeiramente da Santa Missa?
 
Aprofundamento:
Dirigente: A tarefa fundamental da vida e missão da Igreja é o testemunho e o anúncio do Reino de Deus.
Todos: O testemunho e o anúncio do Reino de Deus geram novos discípulos, novos  evangelizadores,  novos profetas para a nossa sociedade.
Leitor 4: Sendo assim  a catequese deve ser conduzida e iluminada por esta missão que Jesus confiou à Igreja: “fazer discípulos”. A catequese não deve ser concebida quase exclusivamente em vista dos sacramentos.
Todos: A catequese deve ser concebida como um itinerário de adesão à Pessoa e à mensagem de Jesus Cristo.
Leitor 5: “Ide e fazei discípulos” (Mt 28,19). Com estas palavras Jesus envia os seus discípulos para anunciar a Boa-Nova ao mundo. Eles representavam um pequeno grupo de testemunhas de Jesus de Nazaré.
Todos: Esta é a natureza e a tarefa do ministério catequético: anunciar a Boa-Nova.
Leitor 6: No centro da catequese encontramos por excelência a pessoa de Jesus de Nazaré, Filho único do Pai, que sofreu, morreu, ressuscitou e vive conosco para sempre.
Todos: Catequizar é desvendar na pessoa de Cristo todo o desígnio eterno de Deus que nela se realiza. É procurar compreender o significado dos gestos e das palavras de Cristo e dos sinais realizados por Ele (CIC 426).
Leitor 7: Jesus Cristo é nossa razão de ser, origem de nosso agir, motivo de nosso pensar  e sentir. Jesus Cristo  é o centro da vida e missão da Igreja.
Todos: Uma catequese Cristocêntrica conduz ao encantamento pela Palavra de Deus. Portanto a catequese conduz  ao núcleo central do Evangelho: a conversão, ao seguimento e a opção por Jesus Cristo e sua missão.
Leitor 8: “A Finalidade definitiva da catequese é levar à comunhão com Jesus Cristo: só ele  pode conduzir  ao amor do Pai no Espírito santo e fazer-nos participar  da vida na Santíssima Trindade” 
Todos: O centro da catequese é, pois, a pessoa de Jesus Cristo, revelador de Deus Trindade.
Leitor 9: Trata-se, portanto, de um “cristocentrismo essencialmente trinitário” (DGC 99). Transmitir a verdade de Cristo é transmitir o próprio Cristo, Isto é transmitir os mistérios do Deus Trino.
Todos: O coração da catequese é Jesus. Somente numa profunda comunhão com Ele é que cumprimos nossa missão de discípulos  e servidores do Reino de Deus.
 
Espiritualidade Conclusiva
Dirigente: A vida de Jesus era uma oração permanente. A Sua maneira de pedir revela sua profunda união com o Pai. Façamos ao senhor preces orantes, pela ação evangelizadora da Igreja, seus catequistas, catecúmenos, catequizandos e familiares.  
Leitor 10: Pelo papa Francisco, por nosso Bispo Jacyr, pelos presbíteros, diáconos e leigos, para que impulsionados pela Palavra e pela Eucaristia  comuniquem  o Evangelho com ardor  e entusiasmo, rezemos
Todos: Ajuda-nos, Senhor a viver os mistérios de Jesus Cristo.
Leitor 11: Para que nossas comunidades paroquiais sejam comunidades que vivam, celebrem e testemunhem a fé, possibilitando a todos o encontro com Jesus Cristo, rezemos.
Todos: Ajuda-nos, Senhor a viver os mistérios de Jesus Cristo.
Leitor 12: Que todos os que exercem o ministério catequético sejam verdadeiras testemunhas do discipulado e do seguimento de Jesus Cristo na fé, na esperança e na caridade, rezemos.
Todos: Ajuda-nos, Senhor a viver os mistérios de Jesus Cristo.
Dirigente: Jesus Cristo é o fundamento de toda atividade catequética e evangelizadora. Que possamos buscar sempre mais o conhecimento e a experiência com a pessoa de Jesus Cristo.
Gesto concreto: Fica aqui o convite, para conversarem, com os catequistas Coordenadores Paroquiais de suas Regiões, buscando saber como eles descobriram o seu chamado.
Dirigente: Pai Nosso e Ave Maria
Todos: Senhor, iluminados por vossa Palavra e amparados pela comunidade, tornai-nos sensíveis às necessidades e sofrimentos de nossos irmãos e irmãs. Inspirai-nos gestos de solidariedade. Jesus Cristo, Filho de Deus, vos  agradecemos pela  benevolência  e serenidade que conduzistes esta nossa reunião. Nós vos pedimos, Senhor, que possamos percorrer o caminho que ainda  falta até participarmos plenamente de vossa vida. Amém.
Benção Final


 

Nenhum comentário: